LTER Montado

O que é?

O montado (ou dehesa em castelhano) é um ecossistema agro-silvo-pastoral único que existe exclusivamente na bacia mediterrânea. 

Esta paisagem, que se assemelha a uma savana, existe em Portugal na província alentejana (sudoeste da península ibérica).

O montado é um ecossistema peculiar, pois une o equilíbrio delicado entre a conservação da biodiversidade e produtividade agrícola e florestal, que demonstra a relação íntima entre o Humano e o espaço natural, através da modelação da paisagem ao longo dos tempos.

Caracterização do local

O montado é dominado por Sobreiros (Quercus suber), Azinheiras (Quercus rotundifolia).

A vegetação rasteira varia de arbustos e mato natural a pastagens para gado ou cultura de cereais.

Image

Estrutura do Sítio

Devido à variabilidade encontrada nas paisagens de montado, a Plataforma LTsER Montado é designada como macro-site, pois é constituída por seis núcleos diferentes, cada um com a sua estação de pesquisa e monitorização, de forma a cobrir toda a extensão de tipos de solo e clima da província alentejana.

Porquê o montado?

Valor natural e de conservação do local

O montado de sobro e azinheira está confinado a zonas com baixa pluviosidade, circunscrita a curtos períodos do ano, e nas quais predominam grandes amplitudes térmicas. As especificidades e fragilidade do montado fazem com que este ecossistema necessite de protecção legal (Decreto-Lei n.º 11/97). Em Portugal é proibido o seu corte e é incentivada a exploração.

O montado apresenta uma grande complexidade ecológica. A fauna e flora associada a este sistema agro-silvo-pastoril contem endemismos e espécies raras, tais como:
  • xxx
  • xxx
  • xxx
Image

Valor Socioeconómico

Estas florestas multifuncionais combinam, num espaço único, recursos florestais, actividade pecuária, pasto e/ou outras plantações com outras atividades e usos do solo (e.g. atividade cinegética, i.e. caça).

Recentemente, a consciencialização acerca dos benefícios do montado como provedor de serviços de ecossistema aumentou, serviços estes que englobam a biodiversidade. No entanto as funções aparentemente “não-produtivas” não são tão reconhecidas e valorizadas por crença de entrarem conflito com as funções “produtivas”.

Quando correctamente geridos, o montado é extremamente valioso para o equilíbrio do mundo rural, pelo que é imperativo valorizá-lo. Salientando que, para além da importância ambiental, um dos seus produtos mais importantes é a cortiça, que tem alto valor económico.

Ameaças ao sistema

Por depender de um uso e gestão activa, o montado vê o seu futuro ameaçado por:

  • processos de desertificação devido às alterações climáticas e consequente aumento de temperatura, eventos extremos (temperatura elevada, seca e chuva intensa em curtos espaços de tempo) e aumento da frequência de incêndios;
  • intensificação agrícola;
  • degradação ambiental;
  • incorrecta e intensa forma de exploração.
A variabilidade destes ecossistemas resulta das diferentes interações solo-clima, das espécies principais de árvore e padrões de uso do solo.
Image

Estas estações foram escolhidas pois permitem a conceptualização de uma plataforma socioeconómica por representarem diferentes regimes de uso do solo e cenários de desertificação e, consequentemente, envolverem diferentes fatores e tensões.

SPECO - Sociedade Portuguesa de Ecologia
(+351) 217 500 439
specopt
Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Edifício C4, 1º Piso, Sala 4.1.10
1749-016 Lisboa
Siga-nos nas redes sociais
Compete 2020
Portugal 2020
Uni\ao Europeia
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Norte 2020
Centro 2020
Lisboa 2020
Porbiota
PORBIOTA - POCI-01-0145-FEDER-022127, Co-financiado pelo POCI (COMPETE 2020) através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)